Marcador "Sci-Fi"

O jovem cineasta sul-africano Neill Blomkamp surgiu como a nova esperança da ficção-científica. Em 2009, sua estreia na direção Distrito 9 (District 9), foi aclamada por público e crítica (o filme é um dos meus favoritos pessoais), e o resultado

Crítica: A Seita Misteriosa (Sound of My Voice) No mesmo ano em que surgiu com o ótimo A Outra Terra, a atriz e roteirista Brit Marling escreveu e atuou também neste A Seita Misteriosa (Sound of My Voice, EUA, 2011),

Denis Villeneuve é definitivamente um dos diretores que mais impõe uma identidade no Cinema hoje em dia, apesar dele não ser, ironicamente (ou não) chamativo ao extremo (como Tarantino). Seus filmes impõem uma áurea nebulosa: é tudo lindo ao mesmo

A Sci-Fi moderninha Morgan (EUA, 2016), era o tipo de filme que tinha tudo para dar certo. Um elenco classe A, um conceito narrativo interessante e atual, e tudo bancado por um grande estúdio, fatores que poderiam render um thriller

Crítica: Fogo no Céu (Fire in the Sky) Recentemente, assistindo ao filme com tema bem semelhante (e também de resultado bem inferior) Contatos de 4°Grau (The Fourth Kind, 2009), me lembrei deste modesto suspense Fogo no Céu (Fire in the

Crítica: Evolução (Évolution) A intimista e estranha Sci-Fi Evolução (Évolution, França, 2015), fez certo barulho quando exibida em diversos festivais no ano passado. Tal barulho talvez se justificasse se os sons vindos da sala de projeção fossem vaias por parte do

Depois do fiasco Alien:Colonial Marines os amantes da franquia de filmes mereciam um game digno e respeitável, meses atrás foi divulgado Alien: Isolation, um game que irá valorizar todos os conceitos criados no filme de 1979 e trará uma experiência inovadora e assustadora.