Rock Psicodélico: O velho e novo estilo
18/06/2014
Felipe (23 artigos)
0 comentários
Compartilhar

Rock Psicodélico: O velho e novo estilo

FacebookTwitterGoogle GmailShare

De todos os estilos  que vale a pena ser escutado hoje em dia, é o psicodelismo britânico dos anos 60, regado de distorções e efeito sonoros, uma bagunça linda de se escutar, hoje no Humanóides, vamos falar mais sobre isso.

Tame Impala

De longe foi a banda que fez esse estilo chegar com força e qualidade, Tame Impala. Primeiramente a banda australiana mostrou ao mundo o impressionante “Innerspeaker”, com Kevin Parker trazendo um vocal que assustadoramente é parecido com o Beatle John Lenom; o álbum é lotado de influências da tão famosa banda de Liverpool, é claro que motivado por viagens psicodélicas do grupo que é algo bem comum, e muito interessante de se escutar. O grupo atingiu uma grande popularidade com um disco, não inovador, mas nostálgico, trazendo diversos admiradores e atenção. É claro que tal barulho tinha que ser justificada, digo que foi, e muito bem; o segundo trabalho dos australianos “Lonerisim” surpreende, pois mostra que a qualidade da banda vai além do nostálgico e deixa mais do que evidente que o grupo pode construir uma bela carreira com distorções e viagens.

The Bees

De todos os grupos e cantores ingleses que mereciam o hype que os críticos britânicos colocam, o The Bees é o mais, tudo bem que não é nada novo e essas coisas, mas se dão tanta importância a jake bugg  que tenta ser o Dylan rockstar inglês. Por que não dar oportunidade a ótima banda que traz as inspirações e não tem medo de revelar, para você que não conhece, The  Bees é um grupo inglês, suas misturas musicais vão desde Kinks até Bob Marley e Os Mutantes. A banda foi formada em 2001 e tendo três trabalhos lançados, o que mais surpreende e se destaca de tantos outros, é obviamente os diversos estilos que estão presentes, tendo em cada disco um pouco de reggae, country, e claro o rock psicodélico, e contendo uma versão muito divertida da canção “minha menina” de Jorge Bem Jor no álbum Sunshine Hit Me, muito interessante.

Temples

Dentre todos esses grupos que surgiram com inspirações com os Beatles, nenhum grupo tem tanta semelhança igual o garotos do Temples, mas o que mais chama a atenção, é a forma como o ótimo som da recente banda soa original, parecendo muito Beatles e até um pé em Beach Boys com os vocais, claro que não tão lindo como essas duas bandas, mas é realmente muito bom ver que bandas como essas estão surgindo, obviamente motivados por bandas já citadas, como o próprio Tame Impala. Com um som nostálgico os jovens músicos procuram o seu espaço na música, espaço esse mais do que merecido.

Segue um relação de três bandas onde o forte são distorções e letras simples, que valem muito a sua atenção.

The Wytches

Pond

Antimatter People

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

Marcadores rock psicodélico
Felipe

Felipe

Desde que me entendo por gente, o cinema e a música sempre foram muito na minha vida, apreciando a todas as melhores bandas do mundo e sempre um bom filme a qualquer hora não faz mal a ninguém.

Comentários

Sem Comentários Ainda Você pode ser o primeiro a comentar neste post!

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Seus outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Os campos obrigatórios estão marcados como *