“Feliz Ano Velho”, a autobiografia de Marcelo Rubens Paiva
26/01/2015
0 comentários
Compartilhar

“Feliz Ano Velho”, a autobiografia de Marcelo Rubens Paiva

FacebookTwitterGoogle GmailShare

Eu honestamente não sou fã de autobiografias porque eu acho que o que cada um faz da sua vida é problema de cada um e não interessa a ninguém. A menos que você seja muito fã da pessoa cuja vida está sendo revelada, o que eu também nunca fui. Não cheguei a ser fã de ninguém tanto assim para me importar de ler uma autobiografia, até o dia em que li “Feliz Ano Velho” sem saber que era uma autobiografia.

Foto do filme “Feliz Ano Velho” de 1987, dirigido por Roberto Gervitz

Fui sem expectativa nenhuma à leitura e acabei devorando quase 300 páginas do livro em menos de uma semana! Acabei lendo novamente depois. É uma leitura muito gostosa de ser feita, mas pouquíssimo se fala desse autor, talvez porque nossa geração esteja mais de olho na literatura de ficção internacional, sem olhar para os talentos nacionais.

Este livro é o primeiro do autor, publicado em 1982 e conta a história de como Marcelo ficou tetraplégico, mas não pense que o livro é triste. Tudo é contado com muita leveza e bom humor, de um jeito que leva o leitor a criar admiração pelo personagem, ao invés de pena. Super recomendo!

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

Mah

Mah

Professora de inglês, redatora nas horas vagas, cinéfila, bookworm, jukebox ambulante, gamer, chef de cozinha amadora, geek e caçadora de arte underground/independente. DON'T PANIC!

Comentários

Sem Comentários Ainda Você pode ser o primeiro a comentar neste post!

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Seus outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Os campos obrigatórios estão marcados como *