Não precisamos de sequências e sim de grandes sagas
07/06/2016
RafaTanaka (732 artigos)
0 comentários
Compartilhar

Não precisamos de sequências e sim de grandes sagas

FacebookTwitterGoogle GmailShare

Ontem eu li no Hollywood Reporter na fortuna que sequências ou continuação geram no bolso das produtoras. Este ano temos Vizinhos 2, O Caçador e Rainha do Gelo e Tartarugas Ninjas: Fora das Sombras, sem falar outras que podem chegar ano que vem como Transformers 5.  O artigo escrito por eles ressalta a importância ou não de uma sequência e a necessidade que o cinema tem de filmes originais, a ausência de originalidade.  O público não precisa de sequências. Eles precisam e querem sagas.

Mas como assim? Explique isso. Vamos lá, o sucesso dos filmes da Marvel é que todo filme é uma continuação de outro filme que se completa, como por exemplo Capitão América: Guerra Civil continua a saga de Tony Stark deixada em Homem de Ferro 3 e principalmente os fatos ocasionados em Vingadores: A Era de Ultron, eles não precisaram ter feito outros filmes do mesmo, apenas juntaram tudo em uma plot única. Sem falar que Guerra Civil já lucrou mais que os outros dois filmes do Capitão América e não é um filme só dele,  entendeu a ideia?

Qual a diferença de Tartarugas 2 e Guerra Civil? A resposta é simples, Guerra Civil é o próximo capítulo de uma história, Tartarugas Ninjas é uma aposta devido ao primeiro filme ter tido uma graninha boa no bolso. Muitos filmes nem precisam ser feitos, especialmente Transformers 4 que não agregou nada a uma história que acabou no terceiro e acabou daquele jeito. Vizinhos 2 é um bom filme, mas  aquela típica continuação que são as mesmas coisas, apenas com diferentes pessoas, muito manjado.

Guerra Civil, logo vão falar que sou Marvete comentando novamente dele, não é que a maneira que a Casa das Ideias fez no cinema funcionou perfeitamente. O filme é parte de uma história maior para o universo cinematográfico, muitos de outros filmes não parecem ter filmes ou continuações parecem ser episódios de uma série de TV. Pessoas sempre tendem a voltar e esperar algo mais das continuações, coisas que não foram exploradas no primeiro e no segundo serão ou no próximo.

Existe uma diferença entre uma história se mantém como uma saga e uma sequência.  Sequências existem há muito tempo – Loucademia de Polícia e Velozes e Furiosos.  A grande maioria das sequência tem pouco investimento e precisam ser feito com o calendário mais curto, tudo para conquistar uma grana. Dentre as melhores sequências estão os filmes do Planeta dos Macacos, após o primeiro muitos telespectadores imaginaram o que viria a seguir com um final tão emblemático, por mais que suas sequências não tenham sido bem planejadas elas acabaram por criar uma saga, nenhuma de suas sequências é uma cópia da outra, apenas uma história que se completam em cinco filmes.

Star Wars solidifica claramente a ideia de sequências como uma saga, cada filme é um número, George Lucas quis construir um conto que ainda não havia existido no cinema, da mesma maneira que Coppola fez com Poderoso Chefão II, outra coisa que George fez foi começar a saga pelo IV nem imagina como seria o universo que havia criado dando mais essência aos seus filmes.

X-Men: Apocalipse deixou a plateia confusa, duas linhas temporais que não se batem o que acaba tornando a saga confusa. Separar Deadpool e X-Men não é uma grande apostas para os estúdios, por enquanto, mas quem sabe no futuro eles não voltem atrás, a Psylocke está sendo cotada para integrar o elenco de Deadpool 2. Em relação a Marvel Studios, a questão da vez é Doutor Estranho, por enquanto o filme não tem nenhuma ligação com o universo que vemos em outros filmes, o personagem vem de algo mais místico, mas acredito que logo iremos descobrir suas razões e suas conexões. Por mais que o Pantera Negra tenha sido umas melhores coisas de Guerra Civil, seu background ainda precisa ser aproveitado.

A audiência sabe quando é necessário uma sequência, não precisam de filmes que não agregam nada em outras histórias e muitos menos sirvam como barco de dinheiro. O público precisa de sequências que são necessárias e precisam existir, não querem mais aquele fenômeno que um filme é feito para ser uma trilogia. O segredo é criar uma experiência no filme com os olhos no futuros. Aprendam com os melhores.

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

RafaTanaka

RafaTanaka

Diretor de Atendimento/ Planejamento e Redator. Formado em Publicidade e Propaganda. Amante do Cinema, Quadrinhos e Games.

Comentários

Sem Comentários Ainda Você pode ser o primeiro a comentar neste post!

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Seus outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Os campos obrigatórios estão marcados como *