Kurt Cobain: Montage of Heck (2015): Nostalgia com estilo e precisão
20/04/2017
Adilson Carvalho (5 artigos)
0 comentários
Compartilhar

Kurt Cobain: Montage of Heck (2015): Nostalgia com estilo e precisão

FacebookTwitterGoogle GmailShare

Kurt Cobain: Montage of Heck é um documentário dirigido por Brett Morgen e produzido pela HBO. O projeto levou oito anos para ser concluído. O resultado final é um trabalho cheio de personalidade, estilo e uma montagem incrível. Nele somos lançados na intimidade de Kurt Cobain, passando por sua infância até o aterrador final de sua vida. Há momentos que chegam a ser dolorosos, mas extremante necessários para quem deseja conhecer o que há além do All Star surrado do ex-vocalista do Nirvana. Adentramos nessa história através de fotografias, desenhos, demos, diários e até mesmo faixas inéditas. Material de primeira que ajuda a narrar toda a história.

Os entrevistados não se intimidam e falam sem restrições, desde os pais até os companheiros de banda, mas quem agrega maior valor é Courtney Love. A ex-esposa de Kurt faz revelações pesadas, incluindo o uso de heroína enquanto estava grávida. As diversas filmagens mostram um Kurt apavorado com a pressão da mídia, o medo de não ser um bom pai, a angustia de se sentir perdido, o uso excessivo de drogas e as terríveis dores no estômago. É quase claustrofóbico ver um astro em decadência. Magro, apático e cansado. Mas além de retratar os períodos depressivos de Kurt, Montage of Heck mostra o incrível trabalho da Nirvana. Infelizmente o documentário não conta com a participação de Dave Grohl. Segundo o diretor, Dave estava gravando um novo álbum e não houve tempo de incluir a entrevista na edição final antes do festival de Sundance.

Uma banda que não tinha a pretensão de ser inovadora. Nirvana apresentava música de garagem, mas o ponto alto era a maneira como ela atingia o espírito do público. Para alguém que queria o anonimato, Kurt conseguiu o efeito contrário. As canções do trio de Seattle continuarão ativas por gerações.

Com um resultando final brilhante, Kurt Cobain: Montage of Heck nos deixa mais próximos de Kurt Cobain. Nostalgia com estilo e precisão.

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

Adilson Carvalho

Adilson Carvalho

Comentários

Sem Comentários Ainda Você pode ser o primeiro a comentar neste post!

Escrever comentário

Seus dados estarão seguros! Seu endereço de email não será publicado. Seus outros dados também não serão compartilhados com terceiros. Os campos obrigatórios estão marcados como *