Kurt Cobain: Montage of Heck (2015): Nostalgia com estilo e precisão
20/04/2017
Adilson Carvalho (5 artigos)
0 comentários
Compartilhar

Kurt Cobain: Montage of Heck (2015): Nostalgia com estilo e precisão

FacebookTwitterGoogle GmailShare

Kurt Cobain: Montage of Heck é um documentário dirigido por Brett Morgen e produzido pela HBO. O projeto levou oito anos para ser concluído. O resultado final é um trabalho cheio de personalidade, estilo e uma montagem incrível. Nele somos lançados na intimidade de Kurt Cobain, passando por sua infância até o aterrador final de sua vida. Há momentos que chegam a ser dolorosos, mas extremante necessários para quem deseja conhecer o que há além do All Star surrado do ex-vocalista do Nirvana. Adentramos nessa história através de fotografias, desenhos, demos, diários e até mesmo faixas inéditas. Material de primeira que ajuda a narrar toda a história.

Os entrevistados não se intimidam e falam sem restrições, desde os pais até os companheiros de banda, mas quem agrega maior valor é Courtney Love. A ex-esposa de Kurt faz revelações pesadas, incluindo o uso de heroína enquanto estava grávida. As diversas filmagens mostram um Kurt apavorado com a pressão da mídia, o medo de não ser um bom pai, a angustia de se sentir perdido, o uso excessivo de drogas e as terríveis dores no estômago. É quase claustrofóbico ver um astro em decadência. Magro, apático e cansado. Mas além de retratar os períodos depressivos de Kurt, Montage of Heck mostra o incrível trabalho da Nirvana. Infelizmente o documentário não conta com a participação de Dave Grohl. Segundo o diretor, Dave estava gravando um novo álbum e não houve tempo de incluir a entrevista na edição final antes do festival de Sundance.

Uma banda que não tinha a pretensão de ser inovadora. Nirvana apresentava música de garagem, mas o ponto alto era a maneira como ela atingia o espírito do público. Para alguém que queria o anonimato, Kurt conseguiu o efeito contrário. As canções do trio de Seattle continuarão ativas por gerações.

Com um resultando final brilhante, Kurt Cobain: Montage of Heck nos deixa mais próximos de Kurt Cobain. Nostalgia com estilo e precisão.

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

Adilson Carvalho

Adilson Carvalho