Kung Fury, uma obra-prima do cinema feito por alguém que ama cinema
29/05/2015
RafaTanaka (733 artigos)
0 comentários
Compartilhar

Kung Fury, uma obra-prima do cinema feito por alguém que ama cinema

FacebookTwitterGoogle GmailShare

As vezes acreditamos que o cinema não pode mais nos oferecer alguma bela experiência, sabe aquela sensação de se impressionar, porque quando éramos mais jovens e assistíamos há algum filme nossos olhos brilhavam e nosso coração se enchia de emoções. As vezes estas emoções se escondem ou ficam apagadas pelo tempo, até algo, que realmente é especial acaba trazendo o que antes havíamos esquecidos e nunca gostaríamos.

 

O curta-metragem Kung Fury parece trazer novamente aquele chama para acreditar no cinema, porque na maioria das vezes nossos olhos se focam apenas em blockbuster e esquecemo que o cinema é feito por quem respira cinema.  O projeto independente que brinca e ao mesmo tempo homenagem os anos 80 foi admirado pela platéia do Festival de Cannes de 2015, quem diria hein, algo tão puro e amador (entre aspas) pudesse trazer um brilho para o evento, onde não esperavam nada.

Kung Fury  veio da mente do brilhante David Sandberg, que trabalhava antes na indústria do cinema, por trás das câmeras, e um dia resolveu criar algo que seu coração sentiria prazer de ser feito, como sempre algo começou com ideias pequenas, mas media do tempo alguns amigos e até conhecidos do cinema acabaram abraçando o projeto, e nada melhor que colocá-lo no Kickstartercomeçou a ser financiada em 2014 pelo Kickstarter (o famoso sistema crowdfunding), ideias são boas mas as vezes precisamos de uma grana para faze-la funcionar e num é que funcionou.

Em um mês de campanha, o projeto arrecadou 630 mil dólares quando o solicitado era apenas 230 mil dólares. A razão do sucesso foi resultado do trailer que conquistou a internet (onde eu mesmo acreditei que seria fake e nunca seria feito), depois de alguns meses até o famoso ator canastrão David Hasselhoff (Baywatch e Super Máquina) fez uma canção tema para o filme, com direito ao clipe e trailer épico.

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=ZTidn2dBYbY]

O curta-metragem conta a história de Kung Fury, um policial de Miami que é mestre nas artes marciais e super poderes e usa-os para combater o crime (nada mais clichê impossível). As coisas pareciam tranquilas até o Adolf Hitler viajar do passado para dominar o mundo.

Kung Fury é um exemplo de filme que me lembra porque ainda gosto de cinema, aquele espírito da originalidade, algo que nos empolga e nos faz lembrar que ainda há esperança, temos que dar mais valor a novos cineastas e novas ideias, porque parece que o mercado do cinema está vivendo das cópias e de falta de coração.

Filme Completo

[youtube=https://www.youtube.com/watch?v=bS5P_LAqiVg]
FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

RafaTanaka

RafaTanaka

Diretor de Atendimento/ Planejamento e Redator. Formado em Publicidade e Propaganda. Amante do Cinema, Quadrinhos e Games.