Paradise Kiss – A eterna busca dos jovens pela identidade própria
11/05/2015
0 comentários
Compartilhar

Paradise Kiss – A eterna busca dos jovens pela identidade própria

FacebookTwitterGoogle GmailShare

Paradasi Kiss é um anime josei (modalidade de mangá com temas adultos para mulheres) de drama, adaptado dos mangás de Ai Yazawa, também conhecida por seu trabalho posterior em Nana. A série tem apenas 12 episódios e foi animada pela Madhouse, empresa conhecida por transformar em desenho os mangás de Nana, Death Note, Card Captors Sakura, Chobits, Trigun, e muitos outros.

A trama gira em torno de Yukari, uma estudante do último ano do colégio que passa os dias estudando com o foco de passar em uma boa faculdade, mais para agradar os pais do que por ela mesma. Yukari frequentemente se questiona e sente que a sua vida não tem sentido pois é como se os dias passassem e ela estivesse ali, mas sem viver de verdade.

Sua vida muda quando ela é abordada por alunos da faculdade de moda, que oferecem a Yukari a vaga de modelo manequim, pela sua altura incomum em japonesas e sua magreza. Claro que os pais de Yukari não gostaram nada da ideia, mas ela se vê cada vez mais envolvida com o grupo e se apaixona pela mente criativa, o estilista George.

Mas não espere um romance e flores. Tudo em Paradise Kiss é abordado de forma bastante dramática e melancólica. Em todos os seus trabalhos Yazawa Ai procura não fantasiar a vida, trazendo temas atuais e realistas para suas séries, nem sempre com finais felizes, ou previsíveis.

O anime foi lançado em 2005 e o mangá em 2003, após o sucesso, também foi criado um live action da obra lançado em 2011. Tanto a versão impressa quando a série animada fizeram muito sucesso fora do Japão, sendo traduzidos e dublados para mais de 10 idiomas. No Brasil, o mangá foi distribuído pela editora Conrad como o pioneiro no gênero josei por aqui.

Confira o primeiro episódio legendado e bom anime!:

 

FacebookTwitterGoogle GmailShare

comentários

Mah

Mah

Professora de inglês, redatora nas horas vagas, cinéfila, bookworm, jukebox ambulante, gamer, chef de cozinha amadora, geek e caçadora de arte underground/independente. DON'T PANIC!