Arquivo

Depois de nos trazer belos e marcantes filmes como Apenas Uma Vez (2009) e Mesmo  Se Nada Não Der Certo (2013), o diretor irlandês John Carney, utiliza a música como contexto para contar histórias que de um jeito ou outro

Cansado de ler muitas coisas da DC e Marvel, resolvi optar pelos selos mais alternativos como é o caso da Image, uma editora que possui histórias em outros gêneros não somente heróis, sem falar que suas histórias são mais ousadas

Crítica: Shelley (2016) O thriller Shelley (Dinamarca, 2016) tem tudo o que um bom suspense precisa para funcionar: Clima pesado e soturno, elenco bem acima da média e uma premissa forte e agoniante. Entretanto, quando chega a hora da produção

Cansado um pouco de ler histórias apenas da Marvel e DC decidi explorar novos lugares, e claro sem esperar muito acabei caindo no Brasil, sim, para você que não sabe, existem muitos quadrinhos feitos e construídos por aqui, porém a

Crítica: February (The Blackcoat’s Daughter) Exibido na 40a Edição do Festival de Toronto no ano passado (2015), February (EUA, 2015), também batizado de The Blackcoat’s Daughter em terras estrangeiras, é uma produção curiosa e realmente difícil de se analisar. Trata-se

Me lembro no final dos anos 90, quando houve uma tendência onde estúdios concorrentes costumavam lançar filmes com premissa semelhante, para que suas produções de enfrentassem nas bilheterias. Foi assim com vulcões, em 1997, onde a Fox lançou Volcano: A

Crítica: O Tesouro (The Treasure/Comoara) Vencedora do prêmio Un Certain Talent no Festival de Cannes 2015 (e eu sinceramente não entendo como isso pode ter acontecido), esta estranha e insossa produção romena realmente tem qualidades. Entretanto, este O Tesouro (The

Crítica: Viral (2016) Você constata que as coisas estão cada vez piores para o cinema de Horror norte-americano, quando a melhor coisa de uma produção do gênero é o seu pôster. O pôster deste Viral (EUA, 2016), assim como os

Realidades Alternativas. Cada escolha que tomamos gera um novo universo, um caminho  com tal decisão, onde tais fatos mudam e nossas perspectivas também de acordo com as situações. Não entendeu, né? Atualmente você trabalha em tal lugar, namora ou está com